Fuso Horário


Fuso Horário Mundial


O movimento de rotação da Terra, ao produzir a passagem dos dias e das noites, causa uma diferença de horário entre pontos da superfície terrestre posicionados a uma distância significativa um do outro. Para padronizar essa diferença foram criados os fusos horários. A padronização foi feita considerando-se que a Terra, vista de um dos pólos, é uma circunferência perfeita, com 360°.

Nosso planeta leva 24 horas para dar uma volta completa ao redor do seu próprio eixo. Os 360° da circunferência da Terra foram divididos pelas 24 horas, com cada hora sendo representada por uma faixa da superfície terrestre delimitada por linhas imaginárias verticais que ligam os dois pólos. O resultado da divisão é 15°, o que significa que a cada 15° que a Terra gira temos a passagem de uma hora. Essas 24 faixas receberam o nome de fusos horários e dentro de cada uma delas o horário é o mesmo.
Convencionou-se que o fuso horário de referência seria o de Greenwich, onde se localiza a cidade de Londres. Como a Terra gira de oeste para leste, partindo de um determinado fuso, a cada 15° que nos movemos para oeste o horário local aumenta em uma hora. De modo semelhante, a cada 15° que nos movemos para leste o horário local é reduzido em uma hora.

Fusos Horários do Brasil


Apesar de serem definidos como faixas delimitadas por linhas retas, na prática os fusos horários podem ter limites irregulares para acompanhar as fronteiras dos países, evitando confusão de horários dentro de um mesmo país. Entretanto, países com território extenso, como é o caso do Brasil, podem estar contidos em mais de um fuso horário. Nosso país já teve quatro fusos horários, mas o quarto, que vigorava no Acre e em uma pequena parte do Amazonas, foi extinto em junho de 2008 por uma lei sancionada pelo então presidente Lula.

O primeiro dos três fusos que o Brasil possui atualmente tem duas horas menos que a hora de Greenwich e abrange o arquipélago de Fernando de Noronha e outras ilhas oceâncias pertencentes ao território brasileiro. O segundo tem três horas menos que Greenwich. Neles estão contidos os estados das regiões Nordeste, Sul e Sudeste, além dos estados do Amapá, Pará, Tocantins e Goiás. Por ser o fuso onde se localiza a capital federal, sua hora é adotada como a oficial do país, a chamada hora de Brasília. O terceiro fuso horário do Brasil abrange os estados de Mato Grosso, Mato Grosso de Sul, Roraima, Rondônia, Acre e Amazonas, e possui quatro horas a menos que a hora de Greenwich.